Just in Time no Sistema Toyota de Produção

Just in Time no Sistema Toyota de Produção

Neste artigo veremos sobre o Just in Time no Sistema Toyota de Produção.


Vejam outros artigos relacionados, cliquem abaixo para acessar:

“O que é o Jidoka da Toyota”

“O Princípio dos 3 Gen no 5 porque da Toyota”

“História da Toyota e seu Sistema Toyota de Produção”


O que é o JIT ou Just in Time da Toyota?

O JIT (Just in Time no Sistema Toyota de Produção) e o conceito de Autonomação (Jidoka) foram a sustentação do Sistema Toyota de Produção (STP).

Foi desenvolvido por Eiji Toyoda e Taiichi Ohno, com a contribuição de Shigueo Shingo.

Mas outras técnicas também foram criadas tais como o:

  • Heijunka
  • Andon
  • Analise 5 Porques
  • Eliminar o Desperdicio (Muda Muri Mura)
  • Kanban,
  • e outros

Just in Time no Sistema Toyota de Produção

Vamos falar do JIT (Just in Time ジャストインタイム , lê-se JASSUTO-IN-TAIMU).

A criação do Just in Time no Sistema Toyota de Produção e também do sistema Kanban foi com base nos sistemas utilizados pelos supermercados.

Este sistema foi observado por Taiichi Ohno, ex-vicepresidente da Toyota.



Como ocorre um processo de venda no supermercado?

O cliente vai ao supermercado e pega a quantidade suficiente da gondola e assim é efetivada a venda ou entrega.

Para o Just In Time ele adaptou este conceito, e o chamou de processo anterior e processo posterior, onde o processo anterior é o supermercado e o processo posterior o cliente.

Então na linha da Toyota definiu os dois processos:

  • o processo posterior, que é o que utiliza as peças para montagem, vai ao processo anterior, que é o que fabrica as peças, para pegar o tipo e a quantidade de peças necessárias para seu trabalho, as peças ficam num estoque do processo anterior,
  • o processo anterior fabrica a quantidade de peças necessárias e as coloca neste estoque para disponibilização para o processo posterior.

Mas para dar certo teve que criar o KANBAN, que era utilizado nos supermercados.

Kanban

Mas como o processo anterior fica sabendo qual e quanto tem que fabricar de peças necessárias ao processo posterior?

Ai que entra o Sistema Kanban “カンバン方式, lê-se KANBAN-HOUSHIKI”.

O Kanban é um cartão que fica anexado a recipiente de peças, onde está descrito o tipo e a quantidade a ser fabricada (Kanban planejamento) e tem também o Kanban de retirada.

Os dois Kanban tem cores diferentes para fácil visualização e a diferença entre eles é:

No Kanban solicitação (仕掛けカンバ, lê-se SHIKAKE-KANBAN) está descrito a quantidade a fabricar.

No Kanban retirada (引き取りカンバン, lê-se HIKITORI-KANBAN) está descrito a quantidade fabricada e disponibilizada.

Just In Time
Just In Time

Portanto a filosofia do Just in Time é entregar a coisa (no caso a peça) necessária, no momento em que é necessário, na quantidade que é necessária.

Nisso entra outro conceito da Toyota que é a eliminação do desperdício, que chamaram de Eliminação do Muda無駄 (desperdicio), Muraムラ (Irregular), Muri無理 (Dificil), elevando a eficácia da Produção.

Mas de onde saiu a ideia do Kanban? Dissemos acima que o sistema veio do supermercado, mas como?

Nos supermercados eles usam cartões de controle do produto contendo informações como nome e tipo do produto, número, local de armazenamento, quantidade mínima.

O responsável vai colocando os produtos conforme o cartão disponibilizando aos clientes o produto quando este viesse comprar.

Vimos então que o Just in Time no Sistema Toyota de Produção e o Kanban foram os alicerces do Sistema Toyota de Produção.

Espero ter ajudado, caso tenham dúvidas deixem um comentário abaixo.