A manutenção do programa 5S com SEISSOU SEIKETSU SHITSUKE

A manutenção do programa 5S

Neste artigo falamos sobre a manutenção do programa 5S com as etapas do 5S, SEISSOU, SEIKETSU e SHITSUKE

Pois o que importa mesmo é como aplicar os conceitos do programa 5S e entende-los bem.

Assim como o 5S não é só manter o local limpo e visualmente organizado.

Existe uma confusão sobre o conceito de organização que é deixar tudo visualmente organizado.

Para termos um visual agradável das fábricas e escritórios.


Este artigo é uma continuação do artigo:

Seiri Seiton o inicio do 5S


Acontece que a limpeza pode acabar, pois as sujeiras sempre surgem.

Assim a organização pode ser desfeita se as coisas forem colocadas num local de difícil acesso.

Programa 5S não se sustenta

Com o tempo a manutenção do programa 5S não se sustenta.

Imaginem por exemplo um caderno de notas que você usa cinco vezes ao dia.

Então você o coloca num armário a 3 metros de distância de sua mesa.



Invariavelmente este caderno de notas estará em locais diferentes ao longo do dia.

Dai você se desloca até o armário toda vez que precisa fazer anotação.

Finalmente sua produtividade vai para o espaço.

Uma outra coisa que as pessoas confundem muito é que programa 5S para fabrica é diferente de escritório.

Talvez a organização das coisas em foco mudem.

Fabrica tem ferramentas, chaves enquanto que escritório tem muito papel, arquivos.

Mas a filosofia 5S não muda, o que vale para um vale para outro.

Vejamos abaixo as etapas importantes para a manutenção do programa 5S

SEISSOU (清掃)

É o chamado Senso da Limpeza.

A palavra japonesa  SEISSOU(清掃) quer dizer fazer a limpeza.

De modo que fique numa situação sem sujeira

Mas não é somente limpar ou varrer, mas sim uma limpeza pura. A manutenção do programa 5S com SEISSOU SEIKETSU SHITSUKE homem limpando

A palavra para limpar ou varrer é SOUJI 掃除.

Mas SEISSOU é purificar o local de trabalho.

Então o SEISSOU é uma conseqüência também do SEITON.

Pois quando se organiza as coisas e fazemos a limpeza.

Limpeza

Limpamos e “purificamos” o local.

Portanto o terceiro S, SEISSOU não pode ser feito antes do SEIRI e do SEITON.

Assim como o SEITON não pode ser feito antes do SEIRI.

Existe uma lógica sequencial que ligam os 5S.

Rotina de limpeza

Primeiro precisamos criar rotinas de limpeza:

  • como
  • quando
  • quem
  • o que
  • onde será feito limpeza

E sempre coloque alguém para monitorar a execução da limpeza.

Importante é descobrir as causas das sujeiras para evitar que suje novamente.

Classificar as origens das sujeiras, fazendo levantamento se é de processo, do operador, ou outra causa.

Prevenção

Devemos prevenir o surgimento de sujeiras, fazer prevenção de:

  • vazamentos e derramamentos, de risco de quedas
  • verificarem folgas e defeitos
  • verificar entupimentos
  • etc.

Elaborar métodos de coleta e remoção de lixo e de métodos de limpeza

Focar os locais de difícil limpeza.

Em locais onde não se pode deter o vazamento pode-se colocar canais de drenagem.

Colocar Check List para as pessoas anotarem a execução da limpeza.

A vantagem do Check List é que padroniza:

  • o que
  • como
  • quando verificar e
  • qual o grau de reprovação/aprovação.

Aqui solicitar idéias dos funcionários ou dos operadores é muito importante.

Pois serão eles que farão a limpeza e a anotação da execução da limpeza.

SEIKETSU (清潔)

É chamado de Senso de Higiene.

No Brasil muitos a chamam de Senso de Padronização que não é tradução de SEIKETSU

SEIKETSU (清潔) é executar os 3 primeiros S completamente e está ligado à Higiene.

Fazendo a manutenção da organização, sem sujeira e limpo.

Definição do Sr. Takahara Akio da empresa Panasonic, sobre SEIKETSU:

Executar os três primeiros S completamente, fazendo a manutenção da situação sem sujeira e limpo”

Bom, definições à parte e cada um faz o 5S como achar melhor.A manutenção do programa 5S com SEISSOU SEIKETSU SHITSUKE escritorio limpo

Mas há uma diferença entre o que é definido aqui no Brasil e no Japão.

O que o Sr. Takahara diz é que o SEIKETSU é conseqüência da aplicação dos três primeiros S.

Como este S tem a ver com manutenção do programa 5S aqui chamem de Senso de Padronização.

Mas padronizar pode ser feito em qualquer fase do 5S, tanto na fase SEIRI, SEITON quanto no SEISSOU.

Alias é preciso antes de aplicar qualquer destes 3 S, criar padrões para que as pessoas saibam o que e como fazer.

No SEIRI é preciso criar padrões para separação

No SEITON, principalmente, é preciso criar os padrões de organização.

No SEISSOU, é preciso criar os padrões de limpeza.

Daí, que padrão você vai criar no SEIKETSU?

Nenhum, a idéia é manter os três primeiros S e seus padrões.

A base é a continuidade, para que isso ocorra aqui também é importante a participação dos funcionários e operadores.

Então deixe que todos deem ideias de como manter os três primeiros S.

Assim você vai ter uma agradável surpresa.

É importante também o uso de uniformes limpos e corretamente utilizados, é o tal do asseio.

Nas empresas japonesas utilizam uniformes brancos para se ver a sujeira rapidamente

A fim de se poder colocar para lavar ou troca imediata para manter a Higiene.

Enfim SEIKETSU tem mais a ver com filosofia do que ações para manutenção do programa 5S

SHITSUKE ()

O SHITSUKE é chamado de Senso de Disciplina ou Auto-Disciplina.

Quando se fala em Disciplina ve-se uma dificuldade de execução do SHITSUKE.

Há muita literatura mencionando a dificuldade do trabalhador brasileiro em se auto-disciplinar.

Dizem: “No Japão pode ser que funcione, mas aqui nunca!”

Isso de dizer que o japonês é mais disciplinado não é fato comprovado.

Na minha opinião eles têm maior espírito de envolvimento e comprometimento.A manutenção do programa 5S

Mas isso ocorre porque o sistema japonês é que facilita isso.

Questão de cultura

O Sr. Takahara Akio na empresa Panasonic definiu o SHITSUKE (躾) como:

Executar o que foi definido e de forma definida, para que se torne um hábito.”

Em momento algum ele menciona disciplina ou uto-disciplina.

Vamos deixar esta coisa de disciplina de lado, não é preciso ter autodisciplina para ter tudo organizado e limpo.

Hábito

No Japão eles não se auto disciplinam no 5º S, fazem torná-lo um HABITO.

Tanto que nas empresas mudaram o nome do 5º S para Senso do Habito “SHUKANKA” (習慣化).

Em minha opinião ficaria mais claro para nós do Brasil e menos temeroso aplicá-lo.

Assim as pessoas deixariam de falar do temor do 5º S, porque não dá para ficar reclamando que não é possível transformar uma atitude em HABITO.

HABITO é um ato que se executa inconscientemente.

Então quando um ato se torna um HABITO, a pessoa sente até um incomodo não executá-la..

Mas o que é HÁBITO?

Vejam alguns exemplos de HABITO:

Guiar um carro

Após algum tempo o motorista não pensa em como:

  • ligar o carro
  • pisar no freio
  • acelerar

Então é tudo automático, está tudo no nível inconsciente da mente.

O que fazer ao acordar

A pessoa não pensa que tem que

  • escovar o dente
  • tomar banho
  • trocar a roupa

Assim é tudo um habito, e se prestarem atenção é tudo numa seqüência que não muda.

Alguns estudiosos chamam negativamente de “Piloto automático”.

Pois o lado esquerdo do cérebro não é ativado, o lado da criatividade.

Este lado é ativado quando fazemos algo que sai da rotina,

Por exemplo:

Mudar a forma de tomar banho começando dos pés terminando na cabeça.

Experimente e você vai ter que pensar para tomar o banho.

Portanto tornando-se um HABITO o funcionário não precisa prestar atenção para fazer o 5S no dia a dia.

Como tornar um HABITO?

Deve ser fácil de:

  • executar
  • padronizar
  • verificar
  • corrigir

Após um tempo se torna-se um HABITO.

Então não precisamos dar chibatadas nos funcionários para que funcione o 5S.

Sempre lembrando que é consequência de todos os S anteriores.

Caso algum deste S anteriores não for bem implantado a implantação do programa 5S será um fracasso.

Conclusão

Falamos da importância do SEISSOU SEIKETSU SHITSUKE no sucesso da implantação e manutenção do programa 5S.

Mencionamos algumas diferenças do que é feito no Japão e o que fazem aqui no Brasil.

Alguns conceitos japoneses que facilitam em muito o programa 5S.

Finalmente mencionamos o SHUKANKA!

Shukanka (Hábito)

O SHUKANKA é mais recente.

E veio para facilitar o SHITSUKE o tal senso de disciplina.

Uma outra forma de manutenção do programa 5S é a auditoria 5S, que chamamos de Patrulha 5S.


Vejam os artigos:

Fazendo Patrulha 5S a auditoria do Seiri Seiton na prática


A auditoria 5S periódica garante que o programa 5S não caia no esquecimento.

Caso tenha interesse nestes assuntos, inscreva seu e-mail no campo Receba novas DICAS do Blog!

Espero ter ajudado, mais duvidas ou caso queira fazer um comentário deixem no campo comentários abaixo.

3 comentários em “A manutenção do programa 5S com SEISSOU SEIKETSU SHITSUKE”

  1. Boa tarde ! Excelente e oportuna matéria sobre a implantação do 5s. Estou buscando um filme ou vídeo atualizado para a sensibilização para a implantação do 5s numa empresa têxtil.

    Grato

Comentários encerrados.